Print this page
Aprendizes do Programa Educação & Trabalho (PET) continuam a todo vapor
acompanhando em tempo real as aulas teóricas por meio da plataforma virtual Google Classroom

Por Andressa Guimarães

Devido à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), em atendimento às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, e em respeito a seus colaboradores e parceiros, durante esse período de quarentena e isolamento social, a Fundação CDL Pró-Criança precisou realizar diversas alterações em sua rotina, para dar continuidade ao funcionamento de suas atividades. Contudo, apesar das dificuldades causadas pela pandemia e das necessidades de adaptação, os aprendizes continuam recebendo sua capacitação teórica por meio do acompanhamento, em tempo real, das aulas do Programa Educação & Trabalho (PET).
A coordenadora pedagógica do Programa, Janaína Sousa, explica como tem sido o funcionamento dessas aulas virtuais. “Diante desse momento tão delicado, que atingiu toda a nossa sociedade, a equipe da Fundação CDL tem se mostrado ainda mais empenhada e comprometida com a qualidade do seu trabalho. A aprendizagem teórica é essencial para o desenvolvimento do jovem aprendiz, tanto como cidadão e quanto profissional para o mercado de trabalho, e, por isso, temos que continuar esse trabalho com os aprendizes, mesmo durante esse período de quarentena. Assim, as aulas estão sendo realizadas por meio da plataforma virtual Google Classroom e, além desta ferramenta, estamos utilizando diversos recursos para aulas ao vivo e complementação de nosso conteúdo.  Os aprendizes estão sendo acompanhados pelos seus educadores/tutores e os módulos continuam sendo ministrados com a mesma atenção que fazemos presencialmente. Durante este processo, os aprendizes comunicam-se com os educadores e, de acordo com seu turno de trabalho, devem estar disponíveis na plataforma para acompanhamento das aulas online”.

Diante de todas essas mudanças, os aprendizes também tiveram que se adaptar aos processos das aulas virtuais e de execução dos trabalhos em regime home office e a aprendiz da unidade de Muriaé/MG, Débora de Oliveira Carneiro, conta o que está achando dessas novidades. “A situação atual que estamos vivendo nos condicionou a algo que não imaginávamos passar, um isolamento social e, consequentemente, trabalhar em home office. Uma situação atípica que nos obrigou a sair da zona de conforto e buscar a capacitação. Tem sido uma experiência interessante e de superação. Mas nada disso seria possível sem o apoio incondicional que recebemos da Fundação CDL, com profissionais incríveis que estão sempre dispostos a nos atender. Esse mês, completo 1 ano e 1 mês no programa de aprendizagem, e só tenho a agradecer por essa equipe maravilhosa”.

Além da suspensão das aulas presenciais para os jovens aprendizes, outras medidas também foram adotadas:

- Redução do quadro de funcionários presencialmente na empresa - os funcionários estão trabalhando em regime home office, utilizando os recursos tecnológicos disponíveis para a execução de seus trabalhos;

- Suspensão do atendimento presencial e por telefone para inscrição para o Programa Educação & Trabalho (PET) - as inscrições estão sendo realizadas exclusivamente pelo site;

- Suspensão das visitas dos monitores de acompanhamento às empresas - as avaliações dos aprendizes estão sendo realizadas por telefone ou e-mail;

- Suspensão de todos os eventos internos e externos, bem como a execução de todos os projetos sociais. Last modified on Terça, 31 Março 2020